Palavra do Dia por Priberam

domingo, 8 de março de 2009

{PEQUENO DIÁLOGO}

Espírito do mundo: Aqui está pois tarefa de teus trabalhos e teus sofrimentos: por sua causa tu existirás, como todas as outras coisas existem.

Homem: Mas o que me cabe da existência? Quando está ocupada, me toca a necessidade; quando se encontra desocupada, o tédio. Como podes tu por tanto trabalho e tanto sofrimento me oferecer tão parca compreensão?

Espírito do mundo: E mesmo assim constitui um equivalente de todos teus esforços e sofrimentos; e o é justamente graças à sua insuficiência.

Homem: Ah, sim? Isto francamente ultrapassa minha compreensão.

Espírito do mundo: Eu sei. (à parte) Deveria eu lhe dizer que o valor da vida consiste precisamente em que ela lhe ensina a não a querer?! A esta mais alta consagração, a própria vida deve prepará-lo primeiro

Arthur Schopenhauer

Parerga e Paralipomena

Capítulo XIV

§172 (Pág. 299)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores:

Pesquisar este blog